Fundada em 1673, por Francisco Dias Velho, a cidade de Florianópolis comemora seu aniversário no dia 23 de março. Recebeu inicialmente o nome de Nossa Senhora do Desterro por causa de seu fundador, que levou uma imagem da santa e construiu uma capela em sua devoção. O nome atual só foi adotado a partir de 1894 para homenagear o então presidente da república Floriano Peixoto.

Ilha da Magia

Florianópolis também é chamada de Ilha da Magia. Isso porque há várias lendas de que bruxas e lobisomens teriam chegado à região a partir da colonização açoriana. A reunião desses seres seria na Praia de Itaguaçu, localizada junto ao bairro Itaguaçu, na região continental da cidade. O local é famoso por conter dezenas de pedras espalhadas pelo mar.

Ponte Hercílio Luz

A ponte, que liga a Ilha de Santa Catarina ao continente, foi construída em 1926. Antes disso, o trajeto era realizado apenas por balsas. A construção teve um custo alto para o Estado, que só foi pago 50 anos depois de sua inauguração.

Lagoa da Conceição

Um dos pontos turísticos mais famosos e deslumbrantes de Florianópolis é a Lagoa da Conceição, que atrai famílias durante o dia e muitos boêmios à noite. Os aventureiros podem curtir atividades ao ar livre como  stand up paddle, kitesurf, vela, caiaque, voo de parapente e asa-delta. Já o Mirante do Morro da Lagoa é a dica perfeita para os trilheiros de plantão.

Praia de nudismo

A Praia da Galheta, que fica numa área de proteção ambiental, recebe naturistas desde a década de 1970. Como é uma praia de nudismo opcional, ela é ideal para os tímidos que querem fazer uma visitinha, mas sem tirar totalmente a roupa.

Centro histórico

Quem visita a cidade não pode deixar de fazer um tour pelo centro histórico. Um dos ícones principais é a famosa Praça XV, onde fica a Figueira Centenária, uma linda árvore que espalha seus galhos pelo chão, em frente à Catedral Metropolitana. A região também abriga museus como o Palácio Cruz e Sousa, que foi palco de grandes acontecimentos da história de Santa Catarina.

Ilha do Campeche

Uma das atrações preferidas em Florianópolis, a Ilha do Campeche conta com águas cristalinas, areias branquinhas e muitas espécies de peixes. Oh, mas como a ilha só pode receber apenas 400 visitantes por dia, é preciso agendar o passeio. Não se esqueça!

Praia da Lagoinha do Leste

Lagoa, cachoeira e praia no mesmo lugar. Sim, é possível! A Praia da Lagoinha do Leste oferece tudo isso a seus visitantes. Para chegar a Lagoinha, há duas maneiras: de barco ou por trilha. De barco, o trajeto é feito por pescadores locais no Pântano do Sul, e leva 15 minutos até a praia.

Praia dos Ingleses

Com uma grande extensão de areia e dunas perfeitas, a Praia dos Ingleses é a queridinha dos praticantes de sandboard. No mar, na maioria das vezes, calmo e cristalino, a boa pedida é o stand up paddle ou passeio de banana Boat. A região conta com muitos restaurantes e bares, além de lojas e outras opções de lazer.

Praia da Lagoinha do Norte

A Lagoinha do Norte é a última praia na ponta do Norte de Florianópolis. Um banho nas águas cristalinas e claras da região não vai nada mal. O passeio é ideal para fazer com amigos ou em família.

Santo Antônio de Lisboa

Um dos destinos mais antigos distritos de Florianópolis, a região de Santo Antônio de Lisboa é constituída pelas casinhas coloridas açorianas da cultura florianopolitana. O lugar é perfeito para assistir o lindo pôr do Sol.

Jurerê Internacional

Esse destino é certo para quem busca badalação, tanto durante o dia quanto à noite. Em Jurerê, o que não falta é diversão, e tem para todos os gostos. Sem contar que a Praia de Jurerê Internacional é uma das áreas mais nobres de Floripa. Isso porque é uma área planejada, que conta com ótima estrutura hoteleira para receber turistas, além de restaurantes, lojas e vários beach clubs.

 

Ribeirão da Ilha

É o segundo distrito mais antigo de Florianópolis. Ali se preservam tradições como a Festa de Nossa Senhora da Lapa, Festa do Divino Espirito Santo, pesca artesanal da tainha, boi de mamão. O centro histórico, sede da antiga Freguesia, é um dos mais antigos núcleos de colonização açoriana, fundado em meados do séc. XVIII. O cenário é expressão da arquitetura colonial portuguesa, constituído pelas casas geminadas, alinhadas na Rodovia Baldicero Filomeno e ao redor da Praça Hermínio Silva, onde fica localizada a Igreja de Nossa Senhora da Lapa, Sé da Paróquia,  inaugurada em 1806, construída pelos senhores e seus escravos, em alvenaria de pedra, cal e azeite de baleia.

Praia de Naufragados

A Praia de Naufragados é a praia mais ao sul de Florianópolis, ficando a 43 km do centro da cidade. Uma trilha de três quilômetros separa a praia da estrada, onde há cachoeiras e ruínas de um engenho de farinha. O acesso também pode ser feito tomando-se uma embarcação na praia da Caieira da Barra do Sul até a ponta de Naufragados.

 

Responder